MENU

- A.E.P.
- Vida de Baden Powell
- Compromisso de Honra
- Lei do Escoteiro
- Última Mensagem de BP


- Menu Principal


A.E.P.



Associação Fundada em 6 de Setembro de 1913
Reconhecida de Utilidade Pública



A Associação dos Escoteiros de Portugal é um movimento para jovens, orientados por adultos comprometidos no serviço educativo, que oferece os meios e as oportunidades necessárias, no sentido de contribuir para o desenvolvimento integral dos jovens (a nível físico, intelectual, social, moral e espiritual) elevando principalmente o seu sentimento de liberdade, segundo os Ideais de Baden Powell.

Trabalha-se o sistema de auto-educação progressiva, conjuntamente com a aceitação de escolhas feitas livremente por cada um e vividas com coerência.

A nossa acção educativa realiza-se através de experiências de vida em comum, participando nelas os nossos jovens, de uma forma progressiva, de acordo com a sua idade, tendo sempre em conta a influência que sobre eles exercem as questões sociais e o meio envolvente.

Pretendemos trabalhar para a PAZ, no sentido do respeito e da justiça, o que tentamos conseguir através dos nossos métodos, que cultivam a convivência e a tolerância.

A nossa acção educativa está orientada para a criação e desenvolvimento do espírito crítico e participativo do jovem, procurando transformá-lo em cidadão responsável, por forma a saber analisar as ideologias e as opções que a sociedade lhe apresenta para que, fruto dessa análise, faça uma opção livre de vida.

Dado que uma acção educativa não pode ser realizada individualmente, a nossa proposta realiza-se através da equipa responsável de cada Grupo, que é o elemento principal da dimensão associativa e o lugar permanente de formação dos responsáveis.

O projecto educativo da A.E.P. tem em conta todos os ambientes em que o jovem vive, os quais, frequentemente, não favorecem o seu desenvolvimento. Por isso, cremos necessária a colaboração interessada e activa com todos aqueles que são responsáveis pela educação dos jovens.

A Associação dos Escoteiros de Portugal é membro fundador da Organização Mundial do Movimento Escotista.

 Consideramos o escotismo como método importantíssimo de educação ... o escotismo é uma escola de cidadania !

O Movimento Escotista

Em conformidade com a definição da Constituição Mundial do Escotismo (Capítulo 2, Artigos 2. e 3. - ano de 1978), o Movimento Escotista é:
  • Um movimento educativo para os jovens, ao qual cada um adere livremente;
  • Independentemente de todos os partidos políticos; 
  • Aberto a todos, sem qualquer espécie de descriminação;
  • Conforme com os objectivos, princípios e método concebidos pelo seu fundador Lord Baden Powell.


O Movimento Escotista tem por fim a formação de cidadãos responsáveis, que tomem um papel activo, construtivo e liderante na sociedade.


O Movimento Escotista baseia-se nos seguintes princípios:
  • Deveres Espirituais
    • A adesão a princípios espirituais;
    • A aceitação dos deveres que derivam daqueles; 
    • A fidelidade e respeito pelas opções livremente escolhidas.
  • Deveres para com os outros
    • A lealdade para com o seu País, na perspectiva da promoção da Paz, da solidariedade, compreensão e da cooperação;
    • A participação no desenvolvimento da sociedade, no respeito da dignidade humana e da integridade da Natureza. 
  • Deveres para consigo próprio
    • A responsabilidade do seu próprio desenvolvimento.
Todos os membros do Movimento Escotista devem aderir à PROMESSA e à LEI DO ESCOTEIRO

O Método Escotista é um sistema de auto-educação progressiva, que assenta:
  • Na Promessa e na Lei do Escoteiro;
  • Numa educação pela acção - aprender fazendo;
  • Numa vida em pequenos grupos que, com a ajuda e conselho de adultos, serve para:
    • A descoberta e aceitação progressiva de responsabilidades.
    • A formação pela auto-gestão, orientada para:
      • o desenvolvimento do carácter;
      • a obtenção de conhecimentos; 
      • a confiança em si mesmo;
      • o sentimento do serviço;
      • a capacidade de cooperar e dirigir.
  • Em programas progressivos e atraentes de actividades variadas, baseados nos pólos de interesse dos participantes e compreendendo jogos, técnicas úteis e serviços à comunidade. Estas actividades desenvolvem-se principalmente ao ar livre em contacto com a Natureza.
Comprometemo-nos portanto:
  • A desenvolver a nossa acção educativa, na linha da Declaração Universal dos Direitos do Homem.
  • A levar a nossa proposta educativa a toda a parte. 
  • A trabalhar pelo desenvolvimento de atitudes democráticas, dentro do estabelecido pela Constituição Portuguesa.
  • A apresentar a nossa proposta educativa como mais uma opção para a sociedade, oferecendo novas possibilidades na formação da pessoa.
  • A cooperar nos planos local, regional, nacional e internacional para que os jovens se sintam cidadãos responsáveis e membros activos da sociedade.
A A.E.P. está consciente de ser uma realidade no mundo juvenil e, portanto sente-se responsável perante a sociedade para levar a cabo uma análise dos condicionalismos que afectam os jovens, ou dos ambientes em que estes vivem e, quando considere necessário, actuar quer tornando pública a sua opinião, quer realizando acções concretas.

A A.E.P. colabora com todas as Associações cujos métodos e fins sejam similares e com outras organizações que respeitem o nosso Método e Princípios.

Consideramos necessário e coerente optar por um Compromisso de defesa do Meio Ambiente


A.E.P. Grupo 206  - 2002